O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Geral MidiaMax 14/Junho/2021 / Última edição às 07:30:25

Corumbá e mais 7 municípios de MS apresentam irregularidades em ações de combate ao covid

Auditores do TCE-MS encontraram irregularidades em Campo Grande, Batayporã, Bonito, Corumbá, Jardim, Nova Andradina, Sonora e Três Lagoas.


Uma porção de relatórios sobre irregularidades que vão desde sobrepreço até falta de transparência em compras da covid-19 foi remetida à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Pandemia no Senado. Os problemas envolvem pelo menos oito municípios de Mato Grosso do Sul.

Os relatórios foram produzidos pela Divisão de Fiscalização em Saúde do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado) em 2020, no bojo de processos que acompanham as medidas de enfrentamento à pandemia. Estes documentos servem de sustentação para decisões, mas não costumam ser publicados, de acordo com informações do site Midiamax

Conforme levantamento, auditores do TCE-MS encontraram irregularidades em Campo Grande, Batayporã, Bonito, Corumbá, Jardim, Nova Andradina, Sonora e Três Lagoas.

O próprio governo estadual também é alvo de processo de fiscalização compartilhado pelo tribunal com a comissão parlamentar. Um relatório elencou problemas em ao menos 15 processos de compra de máscaras, testes rápidos, camas hospitalares, medicamentos e locação de leitos. Somadas, as despesas em xeque chegam a R$ 12,9 milhões.

Apesar da remessa aos senadores, a tendência é que as responsabilizações sobre as irregularidades partam do próprio TCE-MS. Como a pandemia não acabou, os processos de fiscalização seguem abertos e em andamento.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.