O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Corumbá Redação 09/Junho/2022 / Última edição às 06:13:00

Criança de 1 ano morre em Corumbá por leishmaniose visceral

Essa foi a terceira morte pela doença registrada por Corumbá.


A morte de uma menina, de apenas 1 ano de idade, por leishmaniose visceral, foi confirmada pela Secretaria de Saúde de Corumbá (MS). A vítima estava internada na Santa Casa de Campo Grande.

Essa foi a terceira morte pela doença registrada por Corumbá. O primeiro óbito registrado na cidade foi em 3 de abril, de um idoso, de 64 anos, cardiopata, morador do Assentamento Paiolzinho. A segunda morte foi um mês depois, em 3 de maio, de um morador de 74 anos, do bairro Guanã.

A leishmaniose visceral é uma doença infecciosa causada pelo protozoário leishmania chagasi. A transmissão acontece quando fêmeas dos mosquitos conhecidos como mosquito-palha picam cães ou outros animais infectados, e depois picam o homem, transmitindo o protozoário.

A prefeitura de Corumbá informou que fez operações no bairro onde a menina morava e instalou armadilhas para captura e análise de mosquitos na região.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.