O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Capital Redação 05/Maio/2021 / Última edição às 12:29:28

Deu B.O. :  briga de vizinhas acaba com galinha espetada em portão

PM orientou a registrar boletim de ocorrência por injúria.


Na manhã de hoje (5), a relação de duas vizinhas atingiu nível crítico, após o cachorro de uma delas atacar a galinha da outra. Exaltada, a dona da ave fincou a galinha no portão da casa da outra.

A mulher (48), conta que mora no bairro há 40 anos e já teve atritos com a vizinha por causa do muro que separa as casas.Ainda conforme ela, disse que as raízes da árvore no quintal da casa da outra começou a invadir o terreno e quebrou o muro. Como a mulher não quis fazer o reparo, a autônoma colocou tijolo e tábuas para que nenhum dos seus seis cachorros escapassem ou entrassem no quintal da outra.

A vira-lata Nina conseguiu passar pelo obstáculo colocado pela autônoma e invadiu o quintal, atacando uma das galinhas da vizinha. O fato ocorreu, na rua Anhanguera, bairro Piratininga, em Campo Grande.


A dona da galinha, aos gritos, pegou o animal e o espetou no portão da casa da vizinha. | Imagem: CGNEWS

Segundo a autônoma, a dona da galinha, aos gritos, pegou o animal e o espetou no portão da casa da vizinha. Conforme o site Campo Grande News, a autônoma acionou a PM, e a equipe a orientou a registrar boletim de ocorrência por injúria.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.