O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Polícia Redação 25/Março/2020 / Última edição às 11:04:17

Em Corumbá homem tenta forçar entrada na maternidade e PM é acionada

Marido irritado causa tumulto em maternidade de Corumbá


Na noite de ontem (24) a Polícia Militar foi chamada até a Maternidade para atender uma possível ocorrência de perturbação do trabalho por volta das 20h50. No local o médico de plantão informou que o esposo de uma paciente gestante, disse que queria entrar para assistir o parto no momento em que o centro cirúrgico estava preparando o procedimento.

A equipe médica informou a situação atual sobre a Pandemia do Covid-19, e que por esse motivo a presença de acompanhantes (o esposo) estava suspensa, além de que não havia material EPI para acompanhantes de pacientes. Irritado o marido disse que entraria de qualquer forma, que acionaria órgãos competentes para realizar uma denúncia, e que chamaria a Polícia Militar, o médico tentou conte-lo, mas foi empurrado pelo indivíduo.

A Policia Militar foi acionada pelo médico e ao chegar ao local foi conversado com as partes e novamente explicado para o indivíduo sobre o motivo de impedimento de sua entrada no centro cirúrgico.

Ambas as partes foram conduzidas para a Primeira Delegacia de Polícia Civil para maiores esclarecimentos.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.