O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Economia Divulgação 26/Janeiro/2022 / Última edição às 19:39:37

Fechada desde 2017, SEBRAE retorna para Corumbá, após articulação para resgate da economia regional

Em 2018 a instituição chegou a doar os móveis da sua sede em Corumbá, para a prefeitura do município, sinalizando que não funcionaria mais na região. O SEBRAE retorna suas atividades a partir de Março, em Corumbá.


Campo Grande - O deputado estadual Paulo Duarte (MDB) participou, no final da manhã desta terça-feira (26), de reunião na sede do Sebrae/MS, em Campo Grande. O parlamentar foi convidado pelo Presidente das Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso do Sul, Alfredo Zamlutti Júnior para compor o encontro com o Diretor Superintendente do Sebrae/MS, Cláudio Mendonça e Diretor de Operações, Tito Estanqueiro.

Durante a reunião, o deputado recebeu a notícia de que, após mais de dois anos, a unidade física do Sebrae em Corumbá está prestes a ser reaberta, totalmente reformulada e com novos serviços para fomentar o desenvolvimento econômico local.

Em entrevista, Paulo Duarte relatou que foi um dos principais articuladores para a reativação da unidade do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no município.

“Desde o fechamento da unidade, e mesmo sem mandato, mantive minhas conversas com o Sistema S e diretorias do Sebrae, no intuito de contribuir para a reativação do Serviço, que permaneceu por mais de dois anos somente com atendimento virtual, via internet. Estou muito feliz com essa notícia”, argumenta o parlamentar.


O Presidente das Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso do Sul, Alfredo Zamlutti comenta que o apoio de Paulo Duarte foi fundamental no processo de negociação para a retomada das atividades presenciais do Sebrae em Corumbá.

“Precisamos de pessoas que saibam a importância da presença de serviços como os que o Sebrae presta para que haja desenvolvimento econômico na região pantaneira”.

Além disso, Zamlutti reforça que a participação da comunidade corumbaense será primordial para a permanência dos serviços prestados pelo Sebrae no município.

“Somente com o interesse dos empreendedores, ainda que pequenos, conseguiremos bons resultados”, completa.

O Diretor de Operações do Sebrae, Tito Estanqueiro disse que “a nova unidade do Sebrae em Corumbá ficará no mesmo local, porém será mais moderna e com os espaços totalmente reformulados”. Já o Diretor Superintendente, Cláudio Mendonça, informou que “a inauguração da unidade será ainda no primeiro semestre de 2022, entre os meses de março e abril”.

CIDADE COM UMA DAS PIORES DISTRIBUIÇÕES DE RENDA DO ESTADO

Embora Corumbá esteja entre as cinco cidades com as maiores arrecadações de Mato Grosso do Sul, a Capital do Pantanal, pelo seu tamanho e valor cultural, turístico, fronteiriço e econômico amarga um vergonhoso 44º lugar no ranking de distribuição de renda no Estado, ficando atrás de cidades como Ponta Porã, Bonito, Dois Irmãos do Buriti e Selvíria, por exemplo.

A média salarial na cidade é de apenas 2 salários mínimos e cerca de 37,6% da população sobrevivem com renda percapta de até meio salário mínimo, resultando em uma grande percepção de pobreza e miséria distribuída pelo município. Sem empregos e oportunidades disponíveis, muitas famílias optam pelo comércio informal, sem nenhum conhecimento econômico e uma grande maioria encerra suas atividades em um curto período de tempo.

O papel do SEBRAE é exatamente orientar e auxiliar esses microempresários e empreendedores a profissionalizar o seu negócio, maximizando ganhos e minimizando perdas, através do conhecimento, treinamento e consultoria oferecida.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.