O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Polícia O Pantaneiro 13/Janeiro/2021 / Última edição às 10:11:31

Homem é preso suspeito de praticar sexo com cadela

Estuprar animais é crime de acordo com o Artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais nº 9.605/98


Na manhã de ontem (12) a polícia militar foi acionada após denúncia que um homem de 52 anos morador do parque do sol em Jardim, havia pego uma cadela da vizinha e amarrado no dia anterior (11) em sua residência e quando a dona da cadela foi a residência do homem viu pela janela da casa o mesmo pelado com a cadela no colchão, segurando o animal pelas cordas no pescoço e que de imediato a dona retirou o animal do local.

No outro dia (12) a dona do animal sentiu falta da cadela e foi novamente a casa do homem que estava trancada com o animal em um quarto, que logo retirou o animal do local. A mulher disse que sempre ouve dos vizinhos que o homem sai a procura de animais para praticar sexo.

O homem foi preso em flagrante suspeito de praticar o crime de zoofilia, estuprar animais é considerado crime de acordo com o Artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais nº 9.605/98. O chamado “sexo”, que não conta com consentimento do animal e muitas vezes o machuca, pode render a detenção por três meses a um ano e multa.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.