O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Geral Redação 18/Junho/2021 / Última edição às 08:06:42

Homem é preso transportando 378,5 Kg de maconha em MS

Homem receberia dez mil reais.


Polícia Rodoviária Federal apreendeu 378,5 Kg de maconha. Homem que transportava a droga foi preso na tarde desta quinta-feira (17), no km 33 da BR-163, em Eldorado (MS).

A equipe de policiais rodoviários federais deu uma ordem de parada ao veículo Ford Ka Se, de placas de Belo Horizonte (MG), que era conduzido por um homem. O motorista, porém, não obedeceu a ordem e empreendeu fuga.

Foi iniciado o acompanhamento tático ao veículo, que realizava diversas manobras de ultrapassagem em local proibido e em alta velocidade. Na altura do km 28 da BR-163, em Mundo Novo (MS), o suspeito perdeu o controle do veículo ao passar em alta velocidade na cancela da praça de pedágio, rodando sobre a pista e colidindo contra uma mureta.

Ao realizar a abordagem, os policiais rodoviários federais constaram diversos tabletes de maconha no interior do veículo. O homem foi atendido pela equipe de resgate da concessionária da via, entretanto, ele não apresentava nenhuma lesão grave.

Ao todo, foram apreendidos 378,5 Kg de maconha. Segundo o envolvido, o veículo, que era locado, foi pego em Ponta Porã, já carregado com a droga em um posto de combustíveis e seria levado para Guaíra (PR). Para isso, receberia dez mil reais.

O homem, o veículo e a droga foram encaminhados para a Polícia Civil de Mundo Novo.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.