O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Capital G1 05/Julho/2020 / Última edição às 20:15:39

Boliviano mata amigo a facadas em Campo Grande, após terem passado o dia bebendo juntos,

Ele confessou o crime, disse ainda à polícia que tentou limpar o local pois "nunca havia matado ninguém e não queria ficar olhando para o sangue".


Um boliviano de 36 anos foi preso na madrugada deste sábado (04), em Campo Grande, após ter matado o amigo da mesma idade e nacionalidade com duas facadas. Ele confessou o crime, disse ainda à polícia que tentou limpar o local pois “nunca havia matado ninguém e não queria ficar olhando para o sangue”.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima, o costureiro Domingo Abad Chalco Choque, morava havia um mês de favor na casa de uma amiga, no bairro Aero Rancho, onde aconteceu o crime. Há poucos dias, ele pediu à dona da residência que deixasse o amigo, Ruben Montano Montano, ficar lá também pois havia acabado de chegar de São Paulo.

A dona da casa permitiu e então Domingo e Ruben estavam morando lá junto com ela e os netos crianças. Na sexta-feira (03), os dois bolivianos saíram pela manhã para beber em um bar, voltaram para a residência à noite e continuaram a ingerir bebidas alcoólicas.

Ainda conforme informações do boletim de ocorrência, Domingo e Ruben discutiram. Na versão do preso à polícia, a vítima havia ofendido familiares dele e isto o irritou. Ele então foi até a cozinha, pegou uma faca e voltou ao quarto onde o amigo estava e o matou.

Um dos golpes atingiu o tórax esquerdo, local em que, segundo Rubem disse à polícia, sabia que era fatal, o outro golpe foi no ombro.

A dona da casa ouviu um grito de socorro e ao abrir a porta do quarto se deparou com Rubem sujo de sangue e fazendo gestos indicando que havia matado Domingo. Ela então disse que iria pedir ajuda e que ele aguardasse no local.

A mulher então trancou o imóvel e saiu. A polícia foi acionada e encontrou Rubem na casa, o qual confessou o crime e que havia tentado limpar o local. Uma faca de 14 centímetros de lâmina foi apreendida suja de sangue debaixo de uma cama de solteiro.

O boliviano foi autuado em flagrante por homicídio simples.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.