O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Clima & Tempo Midiamax 15/Agosto/2020 / Última edição às 08:29:21

Inmet alerta para tempestade no decorrer do dia para 52 cidades do Estado, incluindo Corumbá.

Há a possibilidade de chuvas de 30 a 60 milímetros, mas podendo ocorrer tempestades que elevem a quantidade para 50 a 100 milímetros ao dia.


De acordo com a previsão, a chuva deve chegar no Estado. Pelo menos é o que a meteorologia prevê para este sábado (15) em boa parte de Mato Grosso do Sul. Logo nas primeiras horas do dia, o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) publicou um alerta de tempestade para o decorrer do dia para 52 cidades do Estado, incluindo Campo Grande.

A tempestade deve chegar primeiramente nas áreas do centro norte, leste, sul, sudoeste e principalmente no pantanal sul-mato-grossense.

Segundo o instituto, há a possibilidade de chuvas de 30 a 60 milímetros, mas podendo ocorrer tempestades que elevem a quantidade para 50 a 100 milímetros ao dia. Os ventos intensos de 60 a 100 km/h também devem aparecer, acompanhado da queda de granizo em algumas áreas. O alerta é válido para as seguintes cidades:

Amambai, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aquidauana, Aral Moreira, Batayporã, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Caarapó, Campo Grande, Caracol, Coronel Sapucaia, Corumbá, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jardim, Jateí, Juti, Ladário, Laguna Carapã, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Rio Brilhante, Sete Quedas, Sidrolândia, Tacuru, Taquarussu, Terenos, Vicentina.

O Inmet recomenda que em casos de rajadas de vento, a população não se abrigue debaixo das árvores, pois há o risco de queda e descargas elétricas e não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Em casos extremos, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil devem ser acionados.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.