O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Geral Redação 22/Novembro/2020 / Última edição às 11:05:26

Luan Santana fará live direto do Pantanal neste domingo (22) para ajudar bioma contra as chamas

A live tem o apoio do National Geographic e será transmitida pelo canal oficial do cantor no YouTube e no @natgeobrasil.


A partir das 16h, o cantor sul-mato-grossense Luan Santana fará uma live neste domingo (22) a bordo de um barco no meio do Rio Paraguai, próximo à Serra do Amolar. A Serra do Amolar é um dos lugares mais afetados pelas queimadas no Pantanal de Mato Grosso do Sul este ano.

As doações e a verba arrecadada no show online serão destinadas às ações de recuperação da região. A live tem o apoio do National Geographic e será transmitida pelo canal oficial do cantor no YouTube e no @natgeobrasil.

No dia 11 de novembro, Luan Santana visitou o Pantanal sul-mato-grossense para ver de perto a situação do bioma atingido pelas chamas. “Fiquei tão impactado em me deparar com aquele paraíso assim, todo cinza, como uma cena de filme de guerra”, disse.

Foi então que ele criou o ‘Movimento Pantanal Chama’, com apoio do poder público, sociedade civil e instituições sem fins lucrativos para ajudar na recuperação do bioma, das comunidades ribeirinhas, indígenas, quilombolas e dos animais. O objetivo é alcançar R$ 8 milhões para o projeto.

“Eu até entendo que a gente mora longe e se sinta pouco afetado por tudo isso que está acontecendo. Sabemos que bichos morreram, que área gigantesca foi devastada, mas, às vezes, a gente não entende como isso pode afetar a vida da gente. A minha visita hoje é para descobrir essas respostas. E lutar para que muitos possam me ajudar”, ressaltou o cantor.

Serão usadas as hashtags #opantanalchama, #movimentoopantanalchama, #sospantanal e #uniaopantanal. Também será mantida uma plataforma com um QR CODE e um número gratuito para que o público contribua com o projeto.

A captação de recursos para a proteção ambiental será centralizada no Instituto SOS Pantanal que vai repassar os valores para instituições e ONGs que já estão atuando no combate aos incêndios, no resgate de animais e recuperação do bioma. Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam que os focos de incêndio voltaram a crescer a partir deste mês.

Apoio solidário

A Fundação de Turismo do MS, o trade sul-mato-grossense e o Instituto Homem Pantaneiro também são parceiros solidários da ação com apoio logístico, de suporte e na articulação para que a realização da live em prol do bioma pantaneiro fosse feita no local adequado.

“Estamos felizes em poder apoiar solidariamente nessa live em prol do Pantanal, uma excelente iniciativa do Luan Santana num momento tão difícil como está sendo esse ano. Realizamos um apoio apenas institucional por meio da articulação junto a empresários locais, especialmente com a Joice que prontamente atendeu nosso pedido e foi parceira efetiva para que essa live acontecesse dessa forma, dentro do barco no meio do Rio Paraguai. É muito importante que tenhamos conscientização para a preservação do Pantanal, que é um bioma com capacidade de regeneração, mas que precisa cada vez mais da sensibilização das pessoas para sua conservação. Vale lembrar que o Instituto Homem Pantaneiro, que também é um dos parceiros solidários na ação, é peça fundamental na luta pela preservação e fez um trabalho belíssimo durante as queimadas. E a gente convida todo mundo a conhecer o Pantanal, esse bioma único que tem muita natureza, ecoturismo, atividades de observação de animais e aves, pesca esportiva e que nesse momento precisa do apoio de todos” enfatiza Bruno Wendling, diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul.


Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.