O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Polícia Midiamax 18/Novembro/2020 / Última edição às 12:27:28

Mãe descobre que filha de 11 anos era estuprada há cinco meses por peão de fazenda

Justiça determinou a prisão preventiva do peão


A Justiça decretou a prisão preventiva de um peão de 26 anos que estuprou durante cinco meses, uma menina de 11 anos, em uma propriedade rural próximo a Ladário a 426 quilômetros de Campo Grande. A prisão foi decretada nesta quarta-feira (18), pela 2º Vara Criminal.

Os estupros começaram em agosto de 2019 e perduraram até janeiro deste ano, quando a mãe da menina descobriu sobre os abusos. A menina foi morar com a mãe em meados de 2019, em uma fazenda sendo que o peão frequentava a casa da criança já que era amigo do irmão da vítima.

Nestes cinco meses, a menina foi estuprada sistematicamente pelo homem, que perseguiu a criança mesmo depois da sua mudança para a cidade com a mãe momento em que acabou contando sobre os estupros.

O peão passou a mandar mensagens para a criança e a persegui-la sempre que a via na rua. A criança está sendo acompanhada por psicólogos e o caso ainda segue em investigação. A prisão foi decretada, após a denúncia de perseguição do homem a criança, que contou em depoimento especial que ele a ameaçou dizendo que se falasse sobre os abusos para a mãe, ela seria presa e a vítima acabaria em um abrigo.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.