O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Cotidiano Midiamax 25/Março/2020 / Última edição às 14:13:17

Sobem para 19 mortes causadas por dengue em Mato Grosso do Sul

Mesmo durante quarentena, casos confirmados somam mais de 13 mil no Estado


Mesmo durante este período de quarentena, como medida preventiva contra o novo coronavírus, os casos confirmados de dengue continuam subindo em Mato Grosso do Sul. Sobe para 19 mortes causadas pelo mosquito Aedes aegypti, conforme o boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde) nesta quarta-feira (25).

A morte confirmada é de um homem de 42 anos, morador de Corumbá, a 425 quilômetros de Campo Grande. O início dos sintomas na vítima começaram no dia 14 deste mês, e a morte aconteceu no dia 19. Ainda segundo o boletim, o paciente tinha histórico de hipertensão. Com isso, a Vigilância Sanitária aponta cerca de 13.621 casos confirmados da doença do dia 15 a 21 de março.

Campo Grande lidera o ranking de municípios com mais casos confirmados, com 5.163 mil, contabilizando 4 mortes, Corumbá (3), Sete Quedas (1), Cassilândia (1), Pedro Gomes (1), Nova Andradina (1), São Gabriel do Oeste (1), Caarapó (1), Bodoquena (1), Chapadão do Sul (1), Mundo Novo (1), Dourados (1) e Aquidauana (1).

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.