O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Geral Ana Marchi 06/Maio/2021 / Última edição às 16:29:49

Brasil pediu à Bolívia a extradição de pelo menos mais 10 pessoas por supostas ligações com o tráfico de drogas

O pedido está sendo analisado pela Interpol.


Einar Lima Lobo, que é acusado de ter ligações com cartéis de drogas colombianos e brasileiros, foi extraditado na quarta-feira (5). A justiça brasileira solicitou a entrega de mais de 10 pessoas envolvidas no tráfico de substâncias controladas. A Polícia Boliviana está trabalhando em operações para apreender esses réus.



O comandante-geral da Polícia boliviana, Jhonny Aguilera, disse que existe uma lista que foi apresentada a pedido do Governo do país vizinho (Brasil), que está sendo analisada pela Interpol.

A Polícia afirma que a Bolívia é um país de trânsito de drogas e que certas regiões, como Santa Ana de Yacuma em Beni, são locais onde atuam os narcotraficantes, por isso a violência é muito frequente devido ao acerto de contas.

Aguilera garantiu que nesses pontos haverá um reforço policial para a segurança da população.

Por sua vez, a Força Especial de Combate ao Tráfico de Drogas (Felcn) destaca que existem trilhas clandestinas, rotas terrestres e fluviais por onde os narcotraficantes operam e dominam na Amazônia.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.