O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Interior G1 10/Agosto/2020 / Última edição às 08:40:52

Vice-prefeita de município de MS morre em hospital vítima de Covid-19

Ela começou a apresentar sintomas da doença no final de julho, segundo o prefeito de Inocência.


A vice-prefeita de Inocência, Neusa Dias Junqueira, de 58 anos, morreu na manhã de domingo (09), no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, em Três Lagoas, vítima da Covid-19.

Segundo o prefeito de Inocência, José Aranaldo Ferreira de Melo, Neusa começou a apresentar sintomas da doença por volta dos dias “24, 25 de julho”. Ela recebeu atendimento no hospital de campanha da cidade e quando a contaminação pelo novo coronavírus foi confirmada, ela foi para Três Lagoas, onde um dos filhos trabalha.

Ainda conforme o prefeito, Neusa ficou no hospital de campanha por “dois ou três dias” e já em Três Lagoas, o quadro se agravou, ela foi para UTI, mas não resistiu.

Essa é a primeira morte pela doença de morador de Inocência. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), domingo (09), o município tinha 29 casos de Covid-19.

Ainda segundo o documento da SES, Mato Grosso do Sul tem 31.344 casos positivos para a infecção pelo novo coranavírus. Deste total, 25.195 pessoas já se recuperaram, 509 morreram e 508 estão internadas.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.