Por: Cláudio Magnavita

Coluna Magnavita: Gastos de partidos na eleição de vereadores já miram a formação da bancada federal de 26

Eleições municipais acontecem em outubro deste ano | Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE

Algumas lideranças partidárias do Rio estão na reta final do fechamento das nominatas de olho em 2026. O objetivo é criar uma musculatura política que se traduza em voto daqui há dois anos, para a eleição da bancada federal. “Não nos importa a eleição dos prefeitos e sim criar a base para eleição dos federais em 2026”, afirmou uma das mais experientes raposas da política fluminense e federal.

Tem partido fazendo a conta das lideranças locais. Se o líder tiver potencial de superar a barreira dos 1.000 votos, receberá tapete vermelho e será tratado com pão de ló.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.